Quem Somos?

O Olho do Cidadão é um movimento de cidadania em Moçambique, constituído por uma Plataforma de Bloguistas universitários que exercem a sua cidadania através do conceito Cidadão-Jornalista, reportando, fotografando e intervindo nos problemas da sua sociedade.

Inicio

Moçambique: Um país titubeante após as eleições!

O nosso país está mergulhado numa política típica de uma democracia Africana, onde não se acredita nas instituições de gestão eleitoral e de seus contenciosos. Uma África onde os resultados das eleições são sempre contestados.

Estamos lembrados que ainda no processo de apuramento e contagem de votos já se levantavam vozes de contestação aos resultados.

1. Ouvimos vozes que se multiplicaram com alguma insistência e de vários actores nacionais e internacionais repudiando o processo com uma desorganização organizada;
2. Vimos uma reunião da CNE antes da proclamação dos resultados que foi um barulho autêntico;
3. Vimos ainda o líder da Renamo e vários membros deste partido a não reconhecerem os resultados e com promessas de um Governo de gestão;

Continuar...

A saga das bibliotecas universitárias frente à expansão do ensino superior

Biblioteca Brazão MazulaBiblioteca Brazão MazulaSe há um lugar onde muito se busca, se consome e se produz muita  informação, este lugar certamente é a universidade. Pelo menos é o que se espera destes centros de educação que trazem em sua essência o ideal de difundir e produzir conhecimento. E, consequentemente, a biblioteca universitária aparece como uma extensão de tudo isto, ou melhor, um meio para atingir este ideal, estando fortemente atrelada à comunidade académica na construção do processo educacional.

E como parte integrante deste processo, a biblioteca deve estar em consonância com o que propõe a universidade: a criação de novos cursos, novas formas de ensino, a exigências de novos suportes de informação etc. Mas não tem sido fácil acompanhar as mudanças incorporadas pelas universidades que, na maioria das vezes, alteram seus propósitos sem avaliar sua real capacidade de atender aos mesmos.

Continuar...

Registo da Lambda não viola nenhuma lei moçambicana

Esse posicionamento foi defendido por Leopoldo Amaral, jurista e presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados na ocasião do debate organizado pela Lambda intitulado: "Homossexualidade em Moçambique sob o ponto de vista jurídico" no Centro Cultural Franco Moçambicano no dia 4 de Dezembro.

O convidado disse que esta prática não é ilegal, mas faz parte da comunidade dos LGBT, e em países a nível das Nações Unidas tem vindo a ser discutida tendo-se adoptado vários pactos internacionais  de direitos civis e políticos.

Referiu que existe um comitê que vela pela implementação desses direitos, e o nosso país ratificou o mesmo: "Temos igualmente a convenção da mulher que é relevante para o direito das lésbicas.

Continuar...

Educação, uma responsabilidade colectiva

Penso que é do conhecimento de todos que a Educação que Moçambique, é resultado de um sistema atrasado e que pretende a todo custo alcançar metas superiores e insustentáveis em curto período. A expansão de forma forçosa com grande exiguidade de recursos (materiais, financeiras e humanas) tem sido o caminho que a sistema de educação vem percorrendo.

Assim sendo, nota-se por um lado um esforço de expandir a educação para todo canto Moçambicano. Entretanto, esta expansão “forçosa” aliado a exiguidade de recursos tem afectado bruscamente a qualidade da mesma, afectando assim, os objectivos que se pretendem alcançar.

Continuar...

Pág. 1 de 62

Baixe a aplicação Android do Olho do Cidadão (Experimental)

NOTICIAS RECENTES

04/10/2014, 20:35
Moçambique diz não à violênciaMoçambique junta-se a uma campanha virtual no Dia Internacional da Não-Violência. E numa altura em que a campanha eleitoral...
21/09/2014, 15:52
O docente universitário e ambientalista Carlos Serra Jr. visitou na manha do sábado, 20 de Setembro o Olho Do Cidadão. Nesta visita, Carlos Serra Jr....
21/09/2014, 12:51
1 elefante é morto a cada 15 minutos e 1 rinoceronte a cada 9-11 horas em África. Por pura negligência, Moçambique já perdeu todos os seus...
Vota nos Objectivos do Milénios

Subscreva-te!

 

 

LANÇAMENTO DE LIVRO

O IESE irá levar a cabo no dia 5 de Dezembro no Museu da História Natural, 17h o lançamento do livro, edição em português Envelhecer em Moçambique: Dinâmicas do Bem-Estar e da Pobreza e em inglês Growing Old in Mozambique: Dynamics of Well-being and Poverty, da autoria de António Francisco, Gustavo Sugahara e Peter Fisker.

MOÇAMBIQUE ENTRE OS PAÍSES MAIS AFECTADOS PELO HIV/SIDA

Estima-se que um milhão e quatrocentas pessoas, em Moçambique, estão infectadas pelo HIV/Sida e 120 mil novas infecções acontecem por ano. Esta situação coloca o país entre os 10 mais afectados por esta pandemia a nível mundial.

Parceiros

  • 41_260_81_pro-logo_n-3.gif
  • 251993_256219747813770_1578331221_n.jpg
  • amcs.jpg
  • globalvoiceslogo1.gif
  • logo AMOR site web.png
  • MASC.jpg
  • Mozambique-Portuguese.png
  • orlogo-300.png
© 2013 Olho do Cidadão