Quem Somos?

O Olho do Cidadão é um movimento de cidadania em Moçambique, constituído por uma Plataforma de Bloguistas universitários que exercem a sua cidadania através do conceito Cidadão-Jornalista, reportando, fotografando e intervindo nos problemas da sua sociedade.

Inicio

Nova designação ministerial continua uma miragem

O presidente da República remodelou o governo e reduziu o número de ministros de 28 para 22 onde alguns foram fundidos e introduzidas mudanças em relação a sua designação. Neste processo, notou-se que os actuais ministérios tinham ganho algumas palavras a mais em relação aos anteriores.

Vimos mistérios que passaram a conter mais de 5 palavras na sua designação, e é exactamente este facto que até a data actual continua a "baralhar" muitos moçambicanos que de forma ingénua ou por simples desconhecimento continuam a ''chamar nomes a pessoa errada'', ou seja, os nomes dos antigos ministérios ainda prevalecem na mente e na boca de muitos moçambicanos, mas, o pior de tudo é quando a nossa imprensa escrita e televisiva também participa da "festa", ou seja, até os jornalistas continuam a escrever e narrar as suas peças tendo como base na anterior designação.

Continuar...

"Estrada" na Avenida Julius Nyerere

Até ao momento, a solução encontrada para o cancro da "estrada" da Av. Julius Nyerere foi esta.

O lado escuro da (o) Estrela

Bem, todos nós (ou quase todos) sabemos o que é uma estrela - aquele astro com luz própria, aquele facilmente visível no céu em quase todas noites, mas não é daquele astro propriamente dito que pretendo me referir no titulo e nas linhas a seguir!

O objecto aqui é a Estrela (escola) e Estrela (mercado), a este último refiro-me a aquele lugar, aquele, em que quase de tudo se vende, o seu nome soa d imediato na língua de qualquer indivíduo que queira comprar um produto na ''bolada'' e a preço negociável (baixo)!
Se por um lado existe a escola (a vermelha) por outro ou ao lado existe o mercado estrela! Algumas das paredes do murro da escola são ate usadas como parte das suas barracas/bancas pelos vendedores!

Continuar...

Um olhar sobre a retirada das sucatas na via pública pelo Conselho Municipal da Cidade de Maputo

Arrancou na última sexta-feira (13), a recolha de sucatas ou viaturas abandonadas na via pública e noutros espaços inadequados na cidade de Maputo, uma acção que o Conselho Municipal vinha prometendo realizar há dois anos.

A recolha devia ter arrancado no ano passado, mas o município decidiu adiar a implementação da mesma ao mesmo tempo que realizava acções de sensibilização, dando a oportunidade aos donos para serem eles próprios a darem destino às sucatas assim como às viaturas avariadas e abandonadas na via pública. O adiamento se deveu ainda a questões de espaço para a arrumação dos carros a recolher.
A recolha de sucatas ou viaturas abandonadas tem por objectivo aliviar a via pública, uma vez que a sua permanência nestes locais choca com a postura camarária, no entender das autoridades municipais.

Continuar...

Pág. 1 de 66

Baixe a aplicação Android do Olho do Cidadão (Experimental)

NOTICIAS RECENTES

04/10/2014, 20:35
Moçambique diz não à violênciaMoçambique junta-se a uma campanha virtual no Dia Internacional da Não-Violência. E numa altura em que a campanha eleitoral...
21/09/2014, 15:52
O docente universitário e ambientalista Carlos Serra Jr. visitou na manha do sábado, 20 de Setembro o Olho Do Cidadão. Nesta visita, Carlos Serra Jr....
21/09/2014, 12:51
1 elefante é morto a cada 15 minutos e 1 rinoceronte a cada 9-11 horas em África. Por pura negligência, Moçambique já perdeu todos os seus...
Vota nos Objectivos do Milénios

Subscreva-te!

 

 

LANÇAMENTO DE LIVRO

O IESE irá levar a cabo no dia 5 de Dezembro no Museu da História Natural, 17h o lançamento do livro, edição em português Envelhecer em Moçambique: Dinâmicas do Bem-Estar e da Pobreza e em inglês Growing Old in Mozambique: Dynamics of Well-being and Poverty, da autoria de António Francisco, Gustavo Sugahara e Peter Fisker.

MOÇAMBIQUE ENTRE OS PAÍSES MAIS AFECTADOS PELO HIV/SIDA

Estima-se que um milhão e quatrocentas pessoas, em Moçambique, estão infectadas pelo HIV/Sida e 120 mil novas infecções acontecem por ano. Esta situação coloca o país entre os 10 mais afectados por esta pandemia a nível mundial.

Parceiros

  • 41_260_81_pro-logo_n-3.gif
  • 251993_256219747813770_1578331221_n.jpg
  • amcs.jpg
  • globalvoiceslogo1.gif
  • logo AMOR site web.png
  • MASC.jpg
  • Mozambique-Portuguese.png
  • orlogo-300.png
© 2013 Olho do Cidadão